Trabalhos Finais de Licenciatura

Desenvolvimento de Cenários e Impactos de Ataques Terroristas no Santuário de Fátima

Autor: Paulo Armando Resende; Ricardo Gaspar; Telmo Ferreira
Orientador: José Pimentel Furtado
Data: 2010

Abstract

As peregrinações a Fátima nos dias 12 e 13 de Maio são caracterizadas pela deslocação de um grande número de crentes e devotos provenientes de todo o país, originando assim um acréscimo significativo de peregrinos à cidade de Fátima e, muito em particular à área do Santuário, em condições físicas que necessitam de apoio sanitário e social.

Um evento de grande visibilidade como este, em que reúnem mais de 200 mil pessoas, requer maior atenção por parte dos agentes de Protecção Civil nas áreas de protecção, socorro e assistência a possíveis vítimas. Uma situação incaracterística pode ser gerada sem aviso prévio e poderá ter consequências graves, dado o elevado número de peregrinos numa área geográfica demasiado pequena para comportar tanta gente. Estima-se que possam estar cerca de 400 mil a 600 mil pessoas no recinto do Santuário, o equivalente a cerca de 4 a 6 pessoas/m2, podendo provocar em vários locais a compressão da multidão.


Neste sentido organizamos todo o trabalho com base na questão: “Estará o Sistema de Protecção Civil preparado para dar resposta a um ataque terrorista?”
Os cenários escolhidos para a realização do trabalho basearam-se no ataque terrorista com recurso a mochilas armadilhadas com engenhos explosivos no interior do recinto do Santuário e também a explosão de um veículo pesado de transporte de matérias perigosas com GPL1. Na escolha destes cenários, vimos que têm resultados e
consequências diferentes.
A investigação por nós realizada teve por base a análise de rotinas em diversos locais e ainda a pesquisa dos meios normalmente envolvidos numa operação de segurança em Fátima. Essa pesquisa abordou os diversos agentes de protecção civil envolvidos.
Podemos referir como palavras-chave, na execução deste trabalho: o terrorismo; consequências do ataque; plano de actuação; missão dos agentes; socorro e evacuação.

 


1 Gás Propano Liquefeito

Sobre o OPCSA

O Observatório de Proteção Civil & Safety é uma organização aberta à sociedade civil, destinado a criar e fortalecer um espaço de debate e reflexão das questões de proteção civil e safety, sobretudo dirigido a todos os agentes ativos do país, preocupados com os cidadãos, o património, o ambiente, a saude e a segurança, domínios que em Portugal carecem de uma particular prioridade por parte de toda a sociedade.

Últimas

Contatos

Observatório de Proteção Civil & Safety

Campus Lumiar, Alameda das Linhas de Torres, 179, 1750-142 Lisboa

opcsa@iseclisboa.pt

www.facebook.com/opcsa.iseclisboa

 

©2021 OPCSA

Search